Matriz Auxiliadora

matriz-auxiliadora

Breve histórico da Matriz Nossa Senhora Auxiliadora

Era capela do então Colégio Dom Bosco ou conhecido como Colégio dos Padres, desde o seu início em Tupã por volta de 1945. No começo de 1955, Dom Hugo Bressane de Araújo, primeiro Bispo da Diocese de Marília, a qual pertence hoje a matriz, criou a Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora de Tupã.

A Paróquia pertencem as seguintes capelas: são quatro na cidade de Tupã, sendo a Capela Nossa Senhora de Fátima (Vila Indústria); Capela Santo Antonio (Vila Santa Helena); Capela São Francisco de Assis (CECAP) e Capela São João Batista (Jardim Paulista); além de mais duas nos distritos sendo a Capela São Sebastião (Varpa) e a Capela Nossa Senhora Auxiliadora (Universo).

Os primeiros padres da Paróquia foram os Salesianos e depois vieram os padres Diocesanos. Na história da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora de Tupã, passaram os seguintes padres: Pe.João Pian, Pe. Heitor Castoldi, Pe. Teresio Fasano, Pe. João Augusto Hadzinski, Pe. Tomaz Ghirardelli, Pe, Carmelo Utel, Pe. João Pravisano, Pe. José Motta, Pe. Antonio de Castro, Pe. Nelson Pombo, Pe. João Vicinanza, Pe. Jair Gonçalves, Pe. Ambrózio Boem, Pe. Ernesto Tessarolo, Pe. Antonio Antunes de Barros Sobrinho, Pe. Januário Artácoz, Pe. Arnaldo Shoite Kaneko, Pe. João Carlos Manrique, Pe. Rafael Octávio Garcia, Pe. Sidnei de Paula Santos, Pe. Germano Hernandez Rodrigues, Pe. João Hernadez Sanches e atualmente Pe. Miguel João Borro.

AUXILIADORA_INTERNO